Repositórios Debian 9

 

E aí vai mais uma dica pra galera

Segue um exemplo básico e funcional para sua lista de repositórios no Debian 9

Abra o arquivo onde ficam armazenados os repositórios oficiais

# vim /etc/apt/sources.list

Apague todo o conteúdo e insira o seguinte:

#### REPOSITÓRIOS DEBIAN STRETCH “deb.debian.org”

###Repositório (stretch) Base ###
deb http://deb.debian.org/debian/ stretch main contrib non-free
#deb-src http://deb.debian.org/debian/ stretch main contrib non-free

###Repositório (stretch) security.debian.org/ ###
deb http://deb.debian.org/debian-security/ stretch/updates main contrib non-free
#deb-src http://deb.debian.org/debian-security/ stretch/updates main contrib non-free

###Repositório (stretch) stretch-updates ###
deb http://deb.debian.org/debian/ stretch-updates main contrib non-free
#deb-src http://deb.debian.org/debian/ stretch-updates main contrib non-free

###Repositório (stretch) proposed-updates###
#deb http://deb.debian.org/debian/ stretch-proposed-updates main contrib non-free
#deb-src http://deb.debian.org/debian/ stretch-proposed-updates main contrib non-free

# Ou utilize apenas uma única linha:
#deb http://http.debian.net/debian stretch main contrib non-free

###Repositório (stretch) stretch-backports ###
deb http://deb.debian.org/debian/ stretch-backports main contrib non-free
#deb-src http://deb.debian.org/debian/ stretch-backports main contrib non-free

# Multimedia
deb http://www.deb-multimedia.org stretch main contrib non-free
#deb-src http://www.deb-multimedia.org stretch main

Obs: somente em caso de necessidade, como alternativa utilize o repositorio deb http://http.debian.net/debian stretch main contrib non-free. Para isso basta descomentar retirando o # no inicio da linha.

Após salvar e sair do arquivo faça o seguinte

# apt update

# apt install deb-multimedia-keyring

Caso não consiga instalar o pacote deb-multimedia-keyring via apt faça o seguinte:

# wget http://www.deb-multimedia.org/pool/main/d/deb-multimedia-keyring/deb-multimedia-keyring_2016.8.1_all.deb

# dpkg -i deb-multimedia-keyring_2016.8.1_all.deb

Depois atualize novamente o sistema

# apt update

# apt full-upgrade

Para instalar um pacote/programa usando o backports (exemplo instalando a versão mais atual do LibreOffice):

# apt-get install -t stretch-backports libreoffice

Para verificar antes a versão do pacote/programa que será instalado utilize:

# apt-cache show -t strech-backports libreoffice

Para atualizar todo o sistema com as versões mais novas dos programas:

# apt-get -t stretch-backports dist-upgrade

IMPORTANTE: para servidores não utilize os dois últimos repositórios (backports e multimedia) ok

Abraço a todos

TutorLinux

www.esperanca.com.br

2 comentários em “Repositórios Debian 9”

  1. Complementar
    Foi muito boa a dica dos repositórios, me auxiliou em alguns pontos que estava em duvida.
    Antes de mais nada gostaria de deixar outra dica, antes de se editar a sources.list, Primeiramente, vamos precisar do pacote “netselect-apt“, quer realizará uma medição (benchmark) dos repositórios, organizando em uma coluna os mais rápidos. Para instalá-lo, fazemos:

    # apt-get install netselect-apt ou

    # aptitude install netselect-apt

    Após sua instalação, vamos executá-los como root, assim:

    #netselect-apt

    Quando ele terminar a verificação teremos uma coluna com os mais rápidos servidores de repositórios, em ordem do mais rápido para o menos rápido.
    Aí você edita sua sources.list com o servidor mais rapido na sua região.
    Ex: O meu mirror foi o mirror.unesp.br/linux/debian

    ###Repositório (stretch) Base ###
    deb http://deb.debian.org/debian/ stretch main contrib non-free
    ################substitui o http###############
    deb http://mirror.unesp.br/linux/debian/ stable main contrib
    ###########################################
    #deb-src http://deb.debian.org/debian/ stretch main contrib non-free
    ###############substitui o http###############
    # deb-src http://mirror.unesp.br/linux/debian/ stable main contrib
    Sou iniciante mas espero ter contribuído.
    *dica encontrada no Site: http://ww.weballtech.wordpress.com/2015/06/15/pagina-inicial/

    1. Não esquecer de fazer cópia de segurança do sources.list original antes da alteração.
      Execute o comando abaixo como root para fazer uma cópia de segurança da sua atual sources.list:

      mv /etc/apt/sources.list /etc/apt/sources.list.bkp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.